Logo Flori Odontologia

Dentista Cirurgia Bucomaxilo

A Dra. Marina Rolon é uma dentista bucomaxilo com vasta experiência em cirurgia bucomaxilofacial, popularmente conhecida como cirurgia bucomaxilo, especializada em procedimentos de alta complexidade e precisão. Como dentista especialista em bucomaxilo, a Dra. Marina se dedica a corrigir deformidades faciais e maxilares através da cirurgia ortognática, proporcionando uma melhora significativa tanto na função quanto na estética dos pacientes. Além disso, ela é especialista em tratamento da articulação temporomandibular (ATM), ajudando a aliviar dores crônicas e a restaurar a qualidade de vida dos seus pacientes.

Nossos Diferenciais

Especialista em Cirurgia Bucomaxilo

Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

A Dra. Marina Rolon possui Residência em Cirurgia Bucomaxilo e Traumatologia e 6 anos de atuação na área.

Possui Especialização em Radiologia pela USP bem como um intercâmbio em Odontologia na Western Kentucky University Bowling Green.

Aceitamos Plano Médico para Cirurgia Bucomaxilo

Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial
Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

Principais Tratamentos

Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

Mentoplastia

É possível reduzir ou aumentar o queixo a fim de promover uma melhor simetria estética
Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

Cirurgia Ortognática

Correção de alterações no crescimento do maxilar e também da mordida
Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

Tratamento ATM

Normalmente tratado com medicamentos, protetores de mordida, fisioterapia e laser
Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial

Equipe Multidisciplinar

Na Flori Odontologia o Cirurgião Bucomaxilo trabalha em conjunto com ortodontistas para dessa forma planejar e realizar tratamentos multidisciplinares com o intuito de melhorar a estética facial e a função mastigatória.

Consulta e Plano Médico Bucomaxilo

Para Cirurgia Bucomaxilo trabalhamos com diversos planos médicos e hospitais dessa forma, entre em contato para verificar a sua cobertura e o seu local de preferência.

Plano de Tratamento

Vamos elaborar um plano de tratamento de acordo com as necessidades de cada paciente, de tal forma que atenda às suas necessidades e permita, acima de tudo, que alcance a saúde bucal e a estética facial do seu gosto.

Está há procura de um Dentista Especialista em cirurgia Bucomaxilo e Bucomaxilofacial? Tire todas as suas dúvidas!

Uma cirurgia de bucomaxilo, também conhecida como cirurgia bucomaxilofacial, envolve procedimentos cirúrgicos complexos na região da boca, maxilares e face. Esse tipo de cirurgia é geralmente realizado por um dentista especialista em bucomaxilo ou um cirurgião bucomaxilofacial. Aqui estão os principais aspectos de uma cirurgia de bucomaxilo:

Tipos de Cirurgia Bucomaxilo ou Bucomaxilofaciais

  1. Cirurgia Ortognática: Corrige deformidades dos maxilares e da face, como problemas de mordida e assimetria facial.
  2. Tratamento de Fraturas Faciais: Repara fraturas nos ossos faciais devido a traumas.
  3. Reconstrução Facial: Reconstitui estruturas faciais após traumas, cirurgias oncológicas ou outras condições.
  4. Mentoplastia: Cirurgia plástica do queixo para melhorar a harmonia facial.
  5. Tratamento da ATM: Corrige disfunções da articulação temporomandibular, aliviando dores e restaurando a função.

Procedimento Cirúrgico

  1. Consulta Inicial: Avaliação clínica e radiográfica detalhada para planejar o tratamento.
  2. Planejamento Cirúrgico: Uso de tecnologias como tomografia computadorizada e softwares 3D para planejar a cirurgia.
  3. Anestesia: Geralmente é realizada sob anestesia geral, especialmente em cirurgias mais complexas.
  4. Execução da Cirurgia: A duração e o tipo de cirurgia variam conforme o procedimento. Pode incluir cortes internos na boca para evitar cicatrizes visíveis.
  5. Pós-Operatório: Inclui cuidados específicos, como uso de antibióticos, analgésicos e, muitas vezes, uma dieta líquida ou pastosa. A recuperação pode variar de semanas a meses, dependendo da complexidade da cirurgia.

Benefícios da Cirurgia Bucomaxilo

  • Funcionais: Melhora na mordida, fala, respiração e mastigação.
  • Estéticos: Aperfeiçoamento da aparência facial, aumento da autoconfiança.
  • Saúde Geral: Alívio de dores crônicas, como aquelas associadas à disfunção da ATM.

A cirurgia de bucomaxilo é uma especialidade que combina conhecimentos odontológicos e cirúrgicos para tratar condições complexas, proporcionando uma abordagem integral para a saúde e a estética facial.

O tempo de recuperação após uma cirurgia bucomaxilofacial pode variar consideravelmente dependendo do tipo e da complexidade da cirurgia realizada. Aqui estão algumas diretrizes gerais para o período de recuperação:

Recuperação Inicial (Primeiros Dias)

  • Hospitalização: Em alguns casos, pode ser necessário um curto período de hospitalização, especialmente para cirurgias mais complexas.
  • Inchaço e Desconforto: É comum haver inchaço significativo, que geralmente atinge o pico em 48 a 72 horas após a cirurgia. O desconforto é manejado com analgésicos prescritos.
  • Cuidados Pós-Operatórios: Inclui repouso, aplicação de compressas frias para reduzir o inchaço e seguir uma dieta líquida ou pastosa.

Primeira Semana

  • Controle do Inchaço: O inchaço começa a diminuir, mas ainda pode ser visível.
  • Alimentação: Dieta líquida ou pastosa continua para evitar esforço na área operada.
  • Atividades Físicas: Evitar atividades físicas intensas.

Primeiras 2 a 4 Semanas

  • Recuperação Gradual: O inchaço e os hematomas continuam a diminuir. A dieta pode começar a incluir alimentos mais sólidos, conforme permitido pelo cirurgião.
  • Retorno ao Trabalho/Estudos: Muitos pacientes podem voltar a atividades leves ou ao trabalho dentro de duas a quatro semanas, dependendo da natureza do trabalho e da extensão da cirurgia.

6 Semanas a 3 Meses

  • Recuperação Completa: A maioria dos pacientes experimenta uma recuperação significativa dentro deste período. A função mastigatória melhora e a dieta pode retornar ao normal.
  • Consultas de Acompanhamento: Consultas regulares com o cirurgião para monitorar a recuperação e garantir que não haja complicações.

6 Meses a 1 Ano após a cirurgia bucomaxilo

  • Cicatrização Completa: A cicatrização óssea e tecidual continua a melhorar. Algumas cirurgias, especialmente as ortognáticas, podem levar até um ano para uma recuperação completa e para que os resultados finais sejam visíveis.

Fatores que Influenciam a Recuperação

  • Complexidade da Cirurgia: Cirurgias mais complexas, como a ortognática, tendem a ter um período de recuperação mais longo.
  • Saúde Geral do Paciente: Pacientes saudáveis tendem a se recuperar mais rapidamente.
  • Adesão às Instruções Pós-Operatórias: Seguir rigorosamente as orientações do cirurgião é crucial para uma recuperação bem-sucedida.

Em resumo, o tempo de recuperação de uma cirurgia bucomaxilofacial varia, mas geralmente envolve um período inicial de 2 a 4 semanas para a maioria das atividades diárias, com recuperação completa levando de 6 meses a 1 ano para cirurgias mais complexas.

Um dentista especialista em bucomaxilo, ou cirurgião bucomaxilofacial, é treinado para realizar uma ampla variedade de procedimentos cirúrgicos que envolvem a boca, maxilares, face e estruturas associadas. Aqui estão alguns dos principais tipos de cirurgias que esse especialista pode realizar:

Cirurgias Ortognáticas

  • Maxila: Reposicionamento da maxila para corrigir problemas de mordida e assimetria facial.
  • Mandíbula: Reposicionamento da mandíbula para corrigir prognatismo ou retrognatismo.
  • Bimaxilar: Reposicionamento combinado da maxila e mandíbula para corrigir deformidades severas.

Traumas Faciais

  • Reparação de Fraturas Faciais: Tratamento de fraturas nos ossos faciais, como mandíbula, maxila, zigoma e órbita.
  • Reconstrução Facial: Reconstrução de estruturas faciais danificadas por trauma, acidente ou cirurgia oncológica.

Cirurgias para Patologias Orais e Maxilofaciais

  • Remoção de Tumores e Cistos: Excise tumores benignos e malignos, bem como cistos na região oral e maxilofacial.
  • Biópsias: Coleta de amostras de tecido para diagnóstico de condições patológicas.

Ajustes Estéticos e Funcionais

  • Mentoplastia: Cirurgia plástica do queixo para melhorar a harmonia facial.
  • Rinoplastia: Cirurgia estética do nariz.
  • Genioplastia: Modificação do contorno do queixo.

Cirurgias de Disfunção da Articulação Temporomandibular (ATM)

  • Artrocentese: Lavagem da articulação temporomandibular para tratar dor e inflamação.
  • Artroscopia: Cirurgia minimamente invasiva para tratar problemas na ATM.
  • Cirurgia Aberta da ATM: Correção de condições graves da articulação temporomandibular.

Implantes Dentários

  • Colocação de Implantes Dentários: Inserção de implantes para substituir dentes perdidos.
  • Enxerto Ósseo: Reforço da estrutura óssea para suportar implantes dentários.

Correção de Malformações Congênitas

  • Correção de Fissuras Lábio-Palatinas: Cirurgia para corrigir fissuras no lábio e palato.
  • Reconstrução Craniofacial: Tratamento de malformações craniofaciais congênitas.

Cirurgias de Tecido Mole

  • Remoção de Lesões: Excise lesões benignas e malignas de tecido mole na cavidade oral.
  • Cirurgia Plástica Periodontal: Correção de defeitos gengivais e ósseos.

Remoção de Dentes

  • Extração de Dentes Impactados: Remoção de dentes impactados, como os terceiros molares (dentes do siso).
  • Extração de Dentes Complicados: Remoção de dentes que apresentam complicações, como raízes curvas ou múltiplas.

Reconstrução Óssea

  • Enxertos Ósseos Autógenos: Utilização de osso do próprio paciente para reconstrução óssea.
  • Enxertos Ósseos Alógenos: Uso de osso de doador para reconstrução.

Essas são apenas algumas das muitas cirurgias que um especialista em bucomaxilo pode realizar. A especialidade é vasta e abrange tanto procedimentos funcionais quanto estéticos, todos com o objetivo de melhorar a saúde, a função e a aparência do paciente.

A principal diferença entre um dentista geral e um cirurgião especialista em cirurgia bucomaxilofacial (bucomaxilo) reside na formação, no escopo de prática e no tipo de procedimentos que realizam. Aqui estão as principais distinções:

Dentista Geral

  1. Formação:

    • Graduação: Completa um curso de graduação em Odontologia, que geralmente dura entre 4 a 5 anos.
    • Treinamento: Recebe treinamento em diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças e condições que afetam os dentes, gengivas e boca.
  2. Escopo de Prática:

    • Tratamentos Comuns: Realiza procedimentos como limpezas dentárias, restaurações, extrações simples, tratamento de cáries, tratamento de canal, próteses, e orientação sobre higiene bucal.
    • Cuidado Preventivo: Foca em medidas preventivas para evitar problemas dentários e mantém a saúde bucal dos pacientes.
  3. Tipo de Procedimentos:

    • Procedimentos Não Cirúrgicos: Principalmente procedimentos não cirúrgicos e cirurgias menores.

Dentista especialista em Cirurgia Bucomaxilo ou Bucomaxilofacial

  1. Formação:

    • Graduação: Completa a graduação em Odontologia.
    • Especialização: Realiza uma especialização adicional em Cirurgia Bucomaxilofacial, que pode durar entre 3 a 5 anos, dependendo do país e do programa. Esse treinamento inclui residência hospitalar e foco em procedimentos cirúrgicos complexos.
  2. Escopo de Prática:

    • Procedimentos Cirúrgicos Complexos: Realiza cirurgias mais complexas que envolvem a boca, maxilares, face e estruturas associadas.
    • Tratamento de Trauma Facial: Trata fraturas e outras lesões traumáticas da face.
    • Cirurgias Estéticas e Reconstrutivas: Inclui procedimentos como cirurgia ortognática, mentoplastia, e reconstrução facial.
    • Tratamento de Patologias: Remove tumores, cistos e outras condições patológicas da região bucomaxilofacial.
    • Disfunção da ATM: Trata problemas da articulação temporomandibular (ATM).
  3. Tipo de Procedimentos:

    • Procedimentos Cirúrgicos: Inclui cirurgias ortognáticas, extração de dentes impactados, colocação de implantes dentários, enxertos ósseos, e tratamento cirúrgico de patologias da cavidade oral e estruturas associadas.

Resumo das Diferenças

  • Formação: Dentistas gerais têm formação em Odontologia, enquanto os cirurgiões bucomaxilofaciais têm treinamento adicional especializado em cirurgia.
  • Escopo de Prática: Dentistas gerais focam em cuidados preventivos e procedimentos dentários comuns, enquanto os cirurgiões bucomaxilofaciais realizam procedimentos cirúrgicos complexos e tratamentos de condições que afetam a face e os maxilares.
  • Procedimentos: Dentistas realizam procedimentos não cirúrgicos e cirurgias menores, enquanto os cirurgiões bucomaxilofaciais realizam uma ampla gama de cirurgias complexas, incluindo procedimentos estéticos e reconstrutivos.

Ambos os profissionais são essenciais para a saúde bucal, mas cada um tem um papel distinto e especializado no cuidado dos pacientes.

A cobertura de uma cirurgia bucomaxilofacial por planos de saúde pode variar amplamente dependendo do país, do provedor de seguros, do tipo de plano de saúde e da especificidade da cirurgia necessária. Aqui estão algumas diretrizes gerais para entender a cobertura:

No Brasil

  1. Planos de Saúde

    • ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar): A ANS regula os planos de saúde no Brasil e define os procedimentos obrigatórios que devem ser cobertos. Algumas cirurgias bucomaxilofaciais estão incluídas no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.
    • Cobertura Obrigatória: Procedimentos de alta complexidade, como tratamento de fraturas faciais, cirurgias para tratar condições patológicas (tumores, cistos), e algumas cirurgias reconstrutivas geralmente são cobertas.
    • Plano Odontológico vs. Plano de Saúde: Cirurgias que envolvem apenas os dentes podem ser cobertas por planos odontológicos, enquanto cirurgias que envolvem ossos e tecidos faciais geralmente estão sob a cobertura dos planos de saúde.
  2. Documentação Necessária

    • Laudo Médico: Um laudo detalhado do cirurgião bucomaxilofacial justificando a necessidade do procedimento.
    • Solicitação de Autorização: O processo pode envolver a solicitação de autorização prévia junto ao plano de saúde, com a apresentação de exames e relatórios médicos.

Exemplos de Procedimentos Comuns e Cobertura

  1. Cirurgia Ortognática: Frequentemente coberta para correção de deformidades esqueléticas faciais, especialmente se afetar a função mastigatória, respiração ou causar dores crônicas.
  2. Tratamento de Fraturas Faciais: Geralmente coberto, pois é considerado um procedimento de emergência e necessário para a recuperação funcional e estética.
  3. Remoção de Tumores e Cistos: Normalmente coberto devido à necessidade médica para evitar complicações graves.
  4. Disfunção da ATM: Pode ser coberto, especialmente se for comprovada a necessidade cirúrgica para aliviar a dor crônica e melhorar a função.

Como Confirmar a Cobertura

  1. Contato com o Plano de Saúde: Verificar diretamente com o plano de saúde sobre a cobertura específica da cirurgia necessária.
  2. Consulta com o Cirurgião: O cirurgião bucomaxilofacial pode auxiliar no processo de obtenção de autorização, fornecendo os relatórios e justificativas necessárias.
  3. Revisar a Apólice: Ler atentamente a apólice do plano de saúde para entender as exclusões e limitações de cobertura.

Dicas Adicionais

  • Segunda Opinião: Em alguns casos, pode ser útil obter uma segunda opinião médica para reforçar a necessidade do procedimento.
  • Apelação: Se a cobertura for negada, é possível apelar da decisão, fornecendo documentação adicional ou justificativas médicas.

Cobertura Internacional

Para pacientes fora do Brasil, as regras e a cobertura podem variar consideravelmente. Nos Estados Unidos, por exemplo, a cobertura pode depender do tipo de seguro (privado, Medicare, Medicaid) e da especificidade do procedimento. É essencial verificar com o provedor de seguro local e entender as políticas específicas.

Em resumo, a cobertura de cirurgias bucomaxilofaciais depende de vários fatores, incluindo a natureza do procedimento, a necessidade médica, e as políticas específicas do plano de saúde. É fundamental consultar diretamente o plano de saúde e o cirurgião dentista especialista em cirurgia bucomaxilo para obter informações detalhadas e garantir a cobertura adequada.

Você deve procurar um dentista especialista em cirurgia bucomaxilofacial (bucomaxilo) em várias situações, especialmente quando enfrenta problemas complexos que vão além do escopo de um dentista geral. Aqui estão algumas circunstâncias específicas em que é aconselhável buscar a ajuda de um bucomaxilo:

Indicações para Procurar um Dentista Especialista em Cirurgia Bucomaxilo ou Bucomaxilofacial

  1. Dentes Impactados

    • Terceiros Molares (Dentes do Siso): Se você tem dentes do siso impactados, que não conseguem emergir adequadamente, ou se estão causando dor, infecção, ou danos a dentes adjacentes.
  2. Trauma Facial

    • Fraturas: Se você sofreu um trauma que resultou em fraturas nos ossos faciais, como mandíbula, maxila, ou órbita.
    • Lesões de Tecidos Moles: Tratamento de cortes ou lacerações significativas na face e na cavidade oral.
  3. Deformidades Faciais e Maxilares

    • Cirurgia Ortognática: Necessidade de correção de problemas esqueléticos, como retrognatismo ou prognatismo, que afetam a mordida, a fala ou a estética facial.
  4. Patologias Orais e Maxilofaciais

    • Cistos e Tumores: Se você tem cistos, tumores benignos ou malignos na boca ou na região maxilofacial que precisam ser removidos.
    • Biópsias: Necessidade de coleta de amostras de tecido para diagnóstico de condições patológicas.
  5. Disfunção da Articulação Temporomandibular (ATM)

    • Dor Crônica: Se você sofre de dor crônica na ATM, dificuldades para abrir ou fechar a boca, ou ruídos articulares.
    • Tratamentos Cirúrgicos: Quando tratamentos conservadores não são eficazes e a cirurgia é necessária para corrigir a disfunção.
  6. Cirurgias Estéticas e Reconstrutivas

    • Mentoplastia: Correção estética do queixo para melhorar a harmonia facial.
    • Reconstrução Facial: Necessidade de reconstrução facial após trauma, cirurgia oncológica, ou para corrigir malformações congênitas.
  7. Implantes Dentários e Enxertos Ósseos

    • Implantes Dentários: Quando você precisa de implantes dentários, especialmente em casos complexos que exigem enxertos ósseos para suporte.
    • Enxertos Ósseos: Para reforçar a estrutura óssea da mandíbula ou maxila antes da colocação de implantes dentários.
  8. Infecções Graves

    • Abscessos: Tratamento de abscessos dentários ou maxilofaciais que não respondem a tratamentos convencionais.
    • Osteomielite: Infecções ósseas que requerem intervenção cirúrgica.

Sintomas que Indicam a Necessidade de Consulta

  • Dor e Inchaço Persistente: Dor persistente na face, mandíbula ou boca que não melhora com tratamentos convencionais.
  • Alterações na Mordida: Mudanças na maneira como os dentes se encaixam ou dificuldades na mastigação.
  • Problemas Respiratórios: Dificuldades respiratórias que podem estar relacionadas à estrutura dos maxilares.
  • Assimetria Facial: Desvio ou assimetria facial perceptível que afeta a estética e a função.

Procedimento para Marcar uma Consulta na Flori Odontologia

  1. Consulta Inicial: Marque uma consulta inicial para avaliação, onde o cirurgião bucomaxilofacial realizará exames clínicos e de imagem (como radiografias ou tomografias) para diagnosticar seu problema.
  2. Plano de Tratamento: O especialista discutirá com você as opções de tratamento, incluindo os riscos, benefícios e expectativas da cirurgia.

 

Procurar um dentista especialista em cirurgia bucomaxilo é crucial para lidar com condições complexas que exigem conhecimento especializado e habilidades cirúrgicas avançadas, garantindo um tratamento eficaz e seguro.